Google+ Followers

sábado, 17 de abril de 2010

21º ARTIGO-AULA REFLEXÃO SOBRE O SISTEMA EM SOCIEDADE


Reflexão Sobre o Sistema Em Sociedade


Devemos ter em mente que qualquer tipo de sociedade é comparado a um casamento
Com direitos e deveres e quando uma das partes se desengana é hora do DR ( discutir relação), o fato é que quando chegamos nesse ponto nem sempre o outro está disposto a colocar as cartas na mesa e descobrir os erros.
Tenho recebido alguns e-mails que apontam conflitos graves nesta questão, por isso resolvi escrever alguns tópicos como:

Por quê estou insatisfeito com meu sócio?
Quando resolvi partir para o modelo de sociedade tive plena consciência que o meu parceiro (a) tinha os mesmos objetivos focados e determinados incomuns? Por acaso procurei esclarecer todos os pontos das entrelinhas? Que tipo de contrato assinei se não o fiz o que me garante legalmente a sociedade? – são perguntas, cujas as respostas deveriam estar expedidas no planejamento do projeto primeiro.

Eis a questão falhas de quase todos os empreendimentos empresariais, ou seja antes de partir para a ação propriamente dita necessário se faz planejar, planejar e planejar.
Antes de criticarmos os equívocos alheios devemos nos projetar de forma madura perante o sócio, levarmos em conta que a outra parte tem sonhos e sentimentos abrirmos o diálogo franco, perspicaz e profissional.

Esta postura nos remete a uma das virtudes fundamentais: equilíbrio emocional ( sugestão de leitura “Inteligência Emocional No Trabalho” de Hendrie Weisinger – PhD – editora Objetiva 1997).
Além do planejamento prévio de todas as questões pertinentes na montagem é inerente a nossa capacidade pessoal de resolver problemas, corrermos riscos, buscarmos o novo.


Obrigada Por Sua Gentil Atenção


Profª Fátima Tavares

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Se Gostou Desse Artigo Comente